Amigos, ando numa correria danada e estou sem tempo de atualizar o blog, portanto, só de "dengo" vou deixar um poema de um super poeta pra vocês!!!

Beijinhos...Cris!

 

Nomes a Menos

 

Nome mais nome é igual a nome,

uns nomes menos, uns nomes mais.

Menos é mais ou menos,

nem todos os nomes são iguais.

 

Uma coisa é a coisa, par ou ímpar,

outra coisa é o nome, par e par,

retrato da coisa quando límpida,

coisa que as coisas deixam ao passar.

 

Nome de bicho, nome de mês, nome de estrela,

Nome dos meus amores, nomes animais,

A soma de todos os nomes,

nunca vai dar uma coisa, nunca mais.

 

Cidades passam. Só os nomes vão ficar.

Que coisa dói dentro do nome

que não tem nome que conte

nem coisa pra se contar?

 

(Paulo Leminski)

 

[ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, Arte e cultura, Música, livros, natureza, cristais, yoga,poesia
Visitante número: