línguas linguetes linkes phósforo

faísca fagulha cogumelos delineados

saliva cuspe de dna de jardins elétricos

mudável mutável mutantes nós

ets em cima de ovnis guiados por devaneios

nos berços de poliedros Torquatálios do sonho

da explosão grafitante das nuvens sangradas

bocas bacantes palavras scarlates signos de

luas insanas sóis escritos fulminantes

estilhaços de Hendrix na amplidão do átimo no buraco negro

que um poema sorri num brilho stellar.

(Cássio M. Amaral)

 

 

[ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, Arte e cultura, Música, livros, natureza, cristais, yoga,poesia
Visitante número: